You are here

Cresce número de notificações de chikungunya e zika vírus no PI

O número de notificações de febre chikungunya e zika vírus cresceu no Piauí, de acordo com o boletim da 25ª Semana Epidemiológica – 2017, apresentado nesta semana pela Sala Estadual de Coordenação e Controle das Ações de Enfrentamento à Microcefalia, da Secretaria de Estado da Saúde (SESAPI).

  • Foto: GloboZika vírusAedes aegypti, mosquito transmissor da dengue, zika e chikungunya

O documento aponta que as notificações de febre chikungunya continuam aumentando. Comparando o mesmo período (janeiro a junho) deste ano com 2016 houve um aumento de 34%. No ano passado foram registrados 1.637 casos e em 2017 o número contabilizado passou para 2.095.

Os casos de febre chikungunya, em 2017, foram notificados em 65 municípios, sendo que Teresina, Floriano, Parnaíba, Oeiras e Luís Correia notificaram mais casos prováveis.

Outro aumento que o boletim registrou foi nos casos de zika. Comparando o mesmo período, 2016 contabilizou 196 casos e 2017, 215 casos. Os municípios com maior número de casos prováveis notificados foram Oeiras, Teresina, São Gonçalo, Tanque do Piauí, Pedro II e Parnaíba.

No entanto, o informe também mostrou redução dos casos de dengue. De janeiro ao final de junho, foram 3.060 casos de dengue, o que representa uma redução de 31,6% em relação ao mesmo período do ano passado, quando foram notificados 4.471 casos.

Diante destes dados, a SESAPI reforçou a importância de evitar a proliferação do Aedes Aegypti, mosquito transmissor da dengue, zika e chikungunya. A secretaria recomenda medidas simples, como manter os ambientes limpos e evitar acúmulo de água em pneus, garrafas, latas, caixas d’água descobertas e pratos sob vasos de plantas.

Source

Related posts

Leave a Comment