You are here

Coritiba encara o Atlético-GO buscando reação na Série B

O Coritiba tenta se reabilitar no Campeonato Brasileiro Série B após viver uma primeira rodada turbulenta. Além da derrota para o Sampaio Corrêa por 2 a 0, o treinador Sandro Forner foi demitido, dando lugar ao interino Tcheco. O adversário da segunda rodada será o Atlético-GO, que venceu o seu primeiro jogo na segunda divisão por 3 a 2. A partida entre o Coxa e o Dragão será realizada no estádio Couto Pereira, na terça-feira, às 21h30 (de Brasília).

Esta será a 11ª vez que os dois clubes irão se enfrentar, sendo que o time paranaense leva a melhor no histórico com cinco vitórias contra quatro triunfos dos goianos. O outro jogo terminou empatado. As duas equipes se encontraram duas vezes no ano passado pela Série A e cada um saiu com uma vitória.

Em sua primeira temporada no Atlético-GO após passar seis anos no Londrina, o treinador Cláudio Tencati se mostrou feliz por voltar ao Paraná e ter a chance de atuar em um grande palco como o Coritiba.

“Eu tinha isso como meta. Como técnico de clubes do interior, como Paranavaí e Londrina, pensava, sim, em uma oportunidade na capital. Não tive esta chance lá, mas estou tendo aqui no Atlético-GO e estou muito feliz em Goiás e em Goiânia. Terei uma motivação a mais de ir lá (em Curitiba) e fazer um grande trabalho diante de uma grande equipe paranaense”, declarou.

Já Wilson, goleiro do Coritiba, sabe que a equipe não tem mais para onde correr e precisa começar a apresentar resultados após decepcionar e perder a final do Campeonato Paranaense para o time reserva do Atlético-PR, que não inscreve seu elenco principal no estadual.

“É a dificuldade que estamos tendo há algum tempo, não é de hoje. Infelizmente mais um jogo ruim, não conseguimos agredir e tivemos desatenção atrás novamente. Temos que corrigir isso. Estamos praticamente remontando o time e sem tanto tempo para trabalhar, mas daqui para frente não temos mais desculpas, temos que dar resultado. Estamos em um campeonato com um único objetivo, que é voltar à Série A. Vimos que temos que melhorar bastante se quisermos alcançar esse objetivo”, afirmou Wilson após derrota para o Sampaio Corrêa.

O auxiliar técnico e interino para o jogo contra o Dragão quer ver a volta por cima do elenco coxa-branca. “Tenho certeza que o time pode dar a volta por cima. Entendo a desconfiança da torcida. Vejo que todos podem mostrar muito mais. O contexto das últimas partidas foi complicado, tivemos experiências, mas os atletas tem qualidade, foram avaliados e vão ajudar”.

O Dragão irá manter a base da equipe que venceu na primeira rodada e só terá uma substituição. João Paulo, que não pode jogar na estreia da Série B, irá entrar no lugar de Cristhyan. André Luís, Bileu e Renato Kayser ainda não foram regularizados. O Coxa também deverá manter a sua base apesar do resultado adverso na estreia da segunda divisão.


FICHA TÉCNICA


CORITIBA x ATLÉTICO-GO


Local:

Estádio Couto Pereira, em Curitiba (PR)


Data:

17 de abril de 2018, terça-feira


Horário:

21h30 (Brasília)


Árbitro:

Francisco Carlos do Nascimento (AL)


Assistentes:

Pedro Jorge Santos de Araujo (AL) e Esdras Mariano de Lima Albuquerque (AL)


CORITIBA:

Wilson; César Benítez, Thalisson Kelven, Alex Alves e Abner; Júlio Rusch, João Paulo e Vinícius Kiss; Jena Carlos, Bruno Moraes e Pablo


Técnico:

Tcheco


ATLÉTICO-GO:

Kléver; Alisson, William Alves, René e Bruno Santos; Rômulo, Fernandes e Tomas Bastos; Júlio César, Tito e João Paulo


Técnico:

Cláudio Tencati

Gazeta Esportiva
Gazeta Esportiva

Source

Related posts