You are here

Contas de gua e luz vo ficar mais caras neste ms em Minas – Economia

As contas de gua e luz vo pesar no oramento dos mineiros a partir deste ms. Os usurios dos servios de abastecimento de gua e esgotamento sanitrio administrados pela Copasa tero as tarifas reajustadas em 8,69%, em mdia, a partir do prximo 30. J as tarifas de energia tero bandeira amarela, segundo anunciou ontem a Agncia Nacional de Energia Eltrica (Aneel). Isso significa uma cobrana adicional este ms de R$ 2 a cada 100 quilowatts-hora (kWh) consumidos.

O aumento nas contas da Copasa foi publicado ontem no Minas Gerais, o dirio oficial do estado. De acordo com o decreto, autorizado pela Agncia Reguladora de Servios de Abastecimento de gua de Esgotamento Sanitrio de Minas Gerais (Arsae-MG), as novas tarifas visam permitir que o servio seja prestado de forma equilibrada e com qualidade. A taxa mnima para clientes residenciais subir dos atuais R$ 26,89 para R$ 29,43.

“A reviso tarifria o instrumento regulatrio adequado para se definir o nvel de receita necessrio para proporcionar o equilbrio econmico-financeiro ao prestador regulado”, afirma a resoluo. No ano passado, as contas de gua e esgoto tiveram aumento de 13,9% a partir de 13 de maio.

Ainda de acordo com o texto, as tarifas de esgoto tambm sero afetadas pelo aumento. Outro ponto trazido na resoluo trata da manuteno dos critrios aplicados aos usurios das tarifas sociais, que, entre outros critrios, devem pertencer a uma famlia inscrita no Cadastro nico para Programas Sociais e ter renda per capita mensal familiar menor ou igual a meio salrio mnimo.

No caso das contas de luz, o sistema de bandeiras atualizado mensalmente pela Aneel, que avalia a situao dos reservatrios em todo o pas para tomar uma deciso, alm do volume de chuvas. De acordo com o rgo regulador, houve aumento dos gastos de gerao de energia previstos para julho.

O custo da usina termeltrica mais cara a ser acionada no ms que vem ser de R$ 237,71 por megawatt-hora (MWh). A bandeira amarela acionada quando a energia fica acima de R$ 211,28 por MWh e abaixo do teto do preo da energia no mercado vista (PLD), de R$ 422,56 por MWh.

Em junho, vigorou a bandeira verde, que no traz custo adicional para o consumidor. Em maio e abril, vigorou a bandeira vermelha em seu primeiro patamar, o que adicionava uma taxa de R$ 3 a cada 100kWh consumidos. Em maro, tambm foi acionada a bandeira amarela e, em janeiro e fevereiro, vigorou a verde.

O sistema de bandeiras conta ainda com o segundo patamar de bandeira vermelha, que adiciona R$ 3,50 a cada 100kWh consumidos. Ela acionada quando o custo das termeltricas supera o valor de R$ 610 por MWh.

NIBUS A Agncia Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) autorizou reajuste de 1,447% no coeficiente tarifrio do servio de transporte rodovirio coletivo interestadual e internacional de passageiros, com vigncia a partir de hoje. O aumento no se aplica ao transporte rodovirio semiurbano de passageiros. Os novos coeficientes tarifrios mximos a serem aplicados aos diferentes tipos de nibus (convencionais ou leitos, por exemplo) esto descritos na deciso publicada no Dirio Oficial da Unio (DOU) de ontem.

Gasolina e diesel mais baratos

A Petrobras anunciou no incio da noite de ontem que decidiu reduzir o preo mdio nas refinarias em 5,9% para a gasolina e 4,8% para o diesel. Os novos valores comearam a ser aplicados 0h de hoje. Segundo a estatal, se o ajuste for repassado integralmente aos consumidores e no houver alteraes nas demais parcelas que compem o preo ao consumidor final, o diesel poder cair 2,7%, ou cerca de R$ 0,08 por litro, em mdia, e a gasolina, 2,4% ou R$ 0,09 por litro, em mdia. Pela manh, a Petrobras informou que sua diretoria executiva aprovou a nova poltica de preos de diesel e gasolina vendidos em suas refinarias, que passaro a ter revises mais frequentes podendo ser at mesmo dirias. O novo mtodo passa a valer a partir de segunda-feira.

Source

Related posts

Leave a Comment