You are here

Com vitória nos pênaltis, Chape elimina o Galo e avança às quartas

Em noite inspirada para Jandrei, a Chapecoense venceu o Atlético-MG nos pênaltis e garantiu vaga nas quartas de final da Copa do Brasil. Nas cobranças, Wellington Paulista, Luiz Antonio, Nadson e Rafael Thyere balançaram as redes a favor do Índio Condá. Luan, Leonardo Silva e Cazares diminuíram para o Galo, mas não resistiram à eliminação. Agora, a Chapecoense aguarda o sorteio das quartas de final para conhecer seu próximo adversário.



MUDANÇAS NOS TIMES


Poupado da partida, Luan deu lugar a Cazares, que passou a atuar ao lado de Róger Guedes e Otero, adotando uma postura mais ofensiva ao time atleticano. O zagueiro Gabriel foi sacado para a entrada de Léo Silva, que fez dupla titular com Bremer pela quarta vez. Pela Chape, a novidade ficou por conta de Luiz Antonio, que retornou como opção no banco de reservas após se recuperar de lesão na coxa direita.


PRIMEIRO TEMPO MORNO


Assim como no primeiro confronto das oitavas de final, no Independência, as equipes iniciaram a partida se estudando. Pressionado pela marcação, o Atlético-MG construiu as melhores oportunidades com chutes de longe de Ricardo Oliveira e Otero, que provocaram duas boas defesas de Jandrei. Do outro lado, a Chapecoense teve suas melhores chances com jogadas aéreas finalizadas por Wellington Paulista.

No decorrer da etapa, a dificuldade do Atlético-MG para avançar cresceu e a Chapecoense tentou aproveitar os espaços intensificando a corrida no campo, principalmente com boas saídas do artilheiro Guilherme. Após um primeiro tempo arrastado, Wellington Paulista quase abriu o placar nos acréscimos com cabeceio perigoso, mas Victor pulou para salvar.


CHAPE ACORDA NA ETAPA FINAL


O Atlético-MG voltou mais ligado para o segundo tempo e quase abriu o placar nos primeiros minutos com chute centralizado de Róger Guedes na entrada da área. Em seguida, Ricardo Oliveira fez o desvio em cobrança de escanteio de Cazares, mas ambos os chutes defendidos por Jandrei. A Chapecoense demorou para acordar, mas embalou a torcida na etapa final. Com boas saídas em contra-ataque, a equipe tirou o descanso do goleiro Victor.

Bruno Pacheco foi o primeiro a chegar com perigo em cobrança de falta fechada. Na sequência, Wellington Paulista viu brecha na defesa alvinegra e tentou o chute rasteiro em direção ao gol, mas foi bloqueado pelo corte de Fábio Santos aos 21 minutos. O Atlético voltou a pressionar com chute de Elias no cantinho de Jandrei e bomba de Cazares, mas enfrentou ainda mais dificuldade com a expulsão de Fábio Santos após falta em Apodi. A Chape ainda teve sua última chance com Bruno Silva, mas a disputa foi decidida nos pênaltis.

Nas cobranças, a Chapecoense levou a melhor com acertos de Wellington Paulista, Luiz Antonio, Nadson e Rafael Thyere e chegou às quartas de final da Copa do Brasil. Pelo Atlético, apenas Luan, Leonardo Silva e Cazares balançaram as redes.


FICHA TÉCNICA

CHAPECOENSE 0 (4) x (3) 0 ATLÉTICO-MG

Local:

Arena Condá, Chapecó (SC)


Data-Hora:

16/05/2018 – 19h30


Árbitro:

Leandro Bizzio Marinho (SP)


Assistentes:

Rogerio Pablos Zanardo (SP) e Daniel Luis Marques (SP)


Público/renda:

8.597 / R$195.620,00


Cartões amarelos:

Wellington Paulista (CHA); Patric, Fábio Santos (CAM)


Cartões vermelhos:

Fábio Santos


NOS PÊNALTIS:

CHAPECOENSE:

Wellington Paulista (GOL), Luiz Antonio (GOL), Nadson (GOL), Bruno Pacheco (PEDEU), Rafael Thyere (GOL)


ATLÉTICO-MG:

Ricardo Oliveira (PEDEU), Luan (GOL), Leonardo Silva (GOL), Róger Guedes (PERDEU), Cazares (GOL)


CHAPECOENSE:

Jandrei; Apodi, Rafael Thyere, Douglas, Bruno Pacheco; Amaral, Márcio Araújo, Canteros (Nadson, aos 41’/2ºT); Guilherme (Luiz Antonio, aos 38’/2ºT), Wellington Paulista, Arthur (Bruno Silva, aos 31’/2ºT). Técnico: Gilson Kleina.


ATLÉTICO-MG:

Victor; Patric, Leonardo Silva, Bremer, Fábio Santos; Adilson (Luan, aos 47’/2ºT), Gustavo Blanco (Elias, aos 25’/2ºT); Otero (Erik, aos 17’/2ºT), Róger Guedes, Ricardo Oliveira, Cazares. Técnico: Thiago Larghi.

Veja também

Fã de futebol tatua mascote da Copa do Mundo 2018 no braço

LANCE!

Source

Related posts