You are here

Com luxação, meia Guerra desfalca Palmeiras por quatro semanas

No início de sua trajetória como técnico interino do Palmeiras, Alberto Valentim não poderá contar com o meia venezuelano Alejandro Guerra. O jogador estrangeiro, vitima de lesão no treinamento da última terça-feira, desfalcará o time por aproximadamente um mês.

Após carrinho do zagueiro colombiano Yerry Mina, Guerra caiu sobre o próprio braço no gramado da Academia de Futebol. Nesta quarta, o clube informou que o venezuelano sofreu uma luxação acromioclavicular do lado direito, o que requer quatro semanas de afastamento para recuperação.

Premiado como melhor jogador da última edição da Copa Libertadores pelo Atlético Nacional, Guerra chegou ao Palmeiras cercado por grande expectativa, mas ainda não emplacou. Em 34 partidas pelo clube alviverde, o meia venezuelano anotou sete gols.

Em seu primeiro compromisso como técnico interino do Palmeiras, contra o Atlético-GO, Alberto Valentim armou o meio de campo com Tchê Tchê, Bruno Henrique e Moisés – Guerra, com problemas particulares, havia sido liberado. Para a meia, o treinador ainda tem como alternativas Hyoran, Michel Bastos e Raphael Veiga.

Com 47 pontos ganhos, 11 a menos que o líder Corinthians, o Palmeiras figura na quarta colocação do Campeonato Brasileiro. Às 20 horas (de Brasília) desta quinta-feira, no Estádio do Pacaembu, o time alviverde encara a Ponte Preta, pela 29ª rodada do torneio nacional.

Gazeta Esportiva
Gazeta Esportiva

Source

Related posts

Leave a Comment