You are here

Cirurgia: pacientes ainda sem tratamento radioterapia – Infonet Notícias de Sergipe

Cirurgia: pacientes ainda sem tratamento radioterapia

Mquina teve problema no xiler e Sigau no enviou a lista

16/04/2018  14:16





Cirurgia: pacientes oncológicos continuam sem acesso à radioterapia (Foto: Arquivo Infonet)


O cenário da saúde no Estado para os pacientes oncológicos não é nada animador. Apesar de, na semana passada, a máquina de radioterapia ter sido reparada e preparada para voltar funcionar após quase 90 dias, quem procura a cura para a doença continua sem tratamento. Desta vez, o problema foi no compressor do xiler, responsável pelo resfriamento da máquina, que atrasou a divulgação da lista de espera do Sistema Interfederativo de Garantia de Acesso Universal (Sigau) do Complexo Regulatório do Estado de Sergipe.


Sheila Galba, membro do grupo ‘Mulheres do Peito’, contou que ouviu de outros pacientes que a lista do Sigau ainda não foi disponibilizada. “Tem 365 pessoas aguardando para usar a máquina de radioterapia na lista. Não são necessariamente pacientes oncológicos. 40 oncológicos vão para o Hospital de Cirurgia”, disse.


Segundo ela, o problema não se limita apenas à demora na entrega da lista. Galba detalha outro grave problema que prejudica diretamente no tratamento dos pacientes com câncer: a falta de médicos e medicamentos para as sessões de quimioterapia. “São medicamentos intravenosos que estão em falta. Além disso, desde dezembro que os oncologistas clínicos não atendem. Não sabemos o porquê”.


Uma estimativa do Instituto Nacional do Câncer (Inca) aponta que, neste ano, devem ter mais 1.500 novos casos de câncer em Aracaju e 5.500 em todo o Estado. “Hoje, só temos o Hospital de Urgência. O Cirurgia virou as costas para os pacientes oncológicos. Não tem quimioterapia, não tem oncologista clínico, médico radiologista e radioterapia”, protestou.


O Sigau foi informado na quinta-feira, 12, pela tarde, que a máquina estava em funcionamento. A assessoria de Comunicação da Secretaria de Estado da Saúde (SES) justificou que a lista não foi entregue por conta de um problema no xiler do equipamento, o que inviabiliza o atendimento aos pacientes.


O Hospital de Cirurgia, por sua vez, declarou que o problema foi no compressor do xiler, que um novo foi comprado no sábado e os físicos médicos estão realizando as adequações. “O compressor já foi ligado e estamos fazendo os testes para colocar a máquina à disposição. O problema principal já foi sanado”, garantiu Júnior Valadares, assessor de Comunicação e consultor técnico. Hoje a máquina pode ‘zerar’ os problemas e voltar a funcionar’, garantiu.


A assessoria de Comunicação do Cirurgia explicou ainda que, em relação à presença de oncologistas clínicos, houve uma redução no quadro de médicos da empresa, mas que os profissionais continuam comparecendo na unidade. Em relação aos medicamentos e a aplicação da quimioterapia, se comprometeu a apurar a questão e enviar manifestação à nossa equipe. Estamos à disposição pelo telefone 2106-8000 e e-mail [email protected].


Por Victor Siqueira 


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Source

Related posts