You are here

Cicinho fala sobre ida para o Brasiliense: “Eu topei o desafio” | df

– Me machuquei na Turquia, uma lesão no joelho esquerdo, e nesse ano eu estava me recuperando. Por isso, não defendi nenhum clube em 2017 – explicou Cicinho.

No Brasiliense, o lateral irá reencontrar um velho amigo dos tempos de São Paulo. O meia Souza, de 38 anos, com que foi campeão Paulista, da Libertadores e do Mundial de Clubes em 2005. Segundo o jogador, a conversa que teve com o meia foi essencial para ele assinar com o Brasiliense.

Além de Souza, Cicinho também vai jogar com os experientes atacantes Reinaldo (38 anos) e Nunes (35 anos). Os dois, assim como Souza, ajudaram o Brasiliense na conquista do título candango de 2017 e estão confirmados no elenco da próxima temporada.

– O Reinaldo não conheço pessoalmente, mas a gente sabe das qualidades dele e do Nunes. Mas tem o Souza também aí que tem muita qualidade. São jogadores muito experientes, já estão indo aí para a segunda temporada no Brasiliense. Eu quero ajudar e contribuir. Reinaldo, Nunes, Souza são jogadores que muitos respeitam – disse Cicinho.

Em 2018, o Brasiliense volta a disputar a Série D do Campeonato Brasileiro e a Copa do Brasil. O time, que já foi vice-campeão da Copa do Brasil em 2002, e disputou a Série A do Brasileirão em 2005, tem um projeto de voltar para as principais divisões nacionais. E segundo Cicinho, esse projeto foi também um dos motivos que o levaram a defender o time do Distrito Federal.

– A história do Brasiliense é muito bonita e merece voltar para a elite do futebol. E eles contam com o meu trabalho para ajuda-los nessa volta às divisões superiores, então eu topei o desafio – explicou o novo lateral-direito do Jacaré.

O Brasiliense inicia a pré-temporada para 2018 no dia 1º de novembro. O clube pretende fazer um evento para apresentação de Cicinho e todo o elenco um pouco antes dessa data.

Source

Related posts

Leave a Comment