You are here

Casal é preso por venda clandestina de medicamentos controlados na Capital

Josemar Cardoso Pierre, de 28 anos, e a esposa Grazieli Córdoba de Lima, de 27, foram presos em flagrante, nesta segunda-feira (5), suspeitos de comércio clandestino de medicamentos controlados, em Campo Grande. Os remédios ficavam na casa dos envolvidos, no Bairro Aero Rancho.

Conforme o boletim de ocorrência, o marido de uma das vítimas foi quem procurou a Polícia Civil. A mulher havia tentado suicídio com a ingestão de medicamentos no último dia 3 de junho e passou seis horas no posto de saúde. Na ocasião, o remédio ingerido pela vítima era do sogro, que faz tratamento de câncer.

No dia seguinte, a vítima teria entrado em contato com Grazieli e negociou, por de R$ 40, um dosador de 20 ml de Clonazepan e uma cartela de fluoxetina. A medicação foi entregue pelo marido da suspeita, que conduzia um Ford Ka, branco. Nesta segunda vez, o medicamento foi retirado da mão da vítima antes da ingestão.

O marido da vítima procurou a polícia após nova tentativa de compra da esposa. Assim que não conseguiu tomar a medicação, a vítima encomendou mais medicamentos com Grazieli. Uma equipe do SIG/DPC e Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário), da Piratininga foram até a Rua Raquel de Queiroz, em frente ao Posto de Saúde do Aero Rancho e flagraram o suspeito em um Ford Ka, que estacionou e chamou a ‘cliente’ (representada por uma testemunha). Assim que recebeu o dinheiro e entregou a medicação, os policiais deram a voz de prisão.

A equipe seguiu para a casa do suspeito onde estava Grazieli e o restante dos medicamentos. A vítima não foi levada à delegacia por estar sob efeito de medicamentos.

O caso foi registrado como falsificação de produto destinado a fins terapêuticos ou medicinais, de procedência ignorada e medicamento em desacordo com receita médica.

Source

Related posts

Leave a Comment