You are here

Carla Vilhena pede demissão da Globo para se dedicar a site

SÃO PAULO. Depois de Evaristo Costa, esta sexta (12) foi a vez de Carla Vilhena, 50. A jornalista anunciou que está deixando a Globo, onde era repórter do “Fantástico” e uma das apresentadoras do “Jornal Nacional”, na sexta-feira. Vilhena trabalhava na Globo há 34 anos e deixa a emissora para se dedicar ao seu site pessoal. “Por isso este e-mail, que não é uma despedida, já que continuarei pertinho de vocês, nesse mundo tornado ervilha pela internet. Meu projeto pessoal precisa ampliar fronteiras e, enquanto for vinculada ao jornalismo, estarei impossibilitada de fazer isso”, escreveu a jornalista em e-mail de despedida enviado a colegas e divulgado em seu site.

“Há um ano e meio experimentei algo que me trouxe uma enorme satisfação: a criação de um blog, que virou um site pessoal, onde pude expor um pouco mais de quem sou e do que desejo ser. Conheci um mundo completamente novo. Me surpreendi, aprendi muito – e gostei”, escreveu.”

De acordo com o texto, Vilhena vai tirar férias acumuladas para para descansar e dar esses primeiros passos na nova estrada até o fim do seu contrato, que se encerra no dia 30 de abril. Vilhena não respondeu ao pedido de entrevista do “F5”. Procurada, a assessoria da Globo disse ainda não ter informações sobre a saída da jornalista.

Nascida no Rio de Janeiro, Carla teve passagens rápidas pela extinta TV Manchete e pela TV Bandeirantes. Foi contratada em 1997 pela Globo, para o já extinto “São Paulo Já” e também como uma das apresentadoras do “Fantástico”, ao lado de Zeca Camargo, Pedro Bial e Glória Maria. Foi casada com o também jornalista Chico Pinheiro.

Source

Related posts