You are here

Caravana de Lula em Minas é ‘aceno para o Brasil reagir’, diz deputado — Rede Brasil Atual

São Paulo – O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva deverá encontrar desde uma Minas Gerais industrial, na região do Vale do Aço, passando pelas cidades históricas, até uma Minas mais rural, no norte do estado, que se parece com o Nordeste, ainda afetada pela seca e pela pobreza. Em comum, as dificuldades que o povo enfrenta pela destruição causada pelo governo Temer.

O deputado estadual Rogério Correia (PT) diz que a chegada da Caravana Lula pelo Brasil a Minas está sendo tratada como uma etapa fundamental na luta contra o golpe que alçou Temer e sua agenda de “retirada de direitos” e “desmanche” do país. 

“É um aceno do povo mineiro ao país, que deve reunir milhares de pessoas, para que a indignação popular contra o governo Temer e os seus ataques à soberania nacional se transformem em movimento”, diz o deputado, que se dirige a Ipatinga, ponto de partida da caravana nesta segunda-feira (23), com ato político às 18h na Praça dos Três Poderes.

O Vale do Aço é considerado um do berços do PT pela movimentação sindical nos anos 1980 e pela manifestações da época. A cidade teve, segundo a equipe de Lula, mas de 47 mil famílias atendidas pelo o Bolsa Família e 75 mil programa Luz para Todos. Outras 553 foram beneficiadas pelo Minha Casa, Minha Vida.

Rogério Correia diz que a região do Vale do Aço sofre hoje com o desemprego, e os trabalhadores temem o futuro por causa da perda de direitos provocada pela reforma trabalhista do governo Temer, que entra em vigor a partir de 11 de novembro. Nas cidades históricas, conhecidas também pela concentração de diversos campi universitários, os estudantes sofrem com cortes em programas de acesso, e também nas verbas das universidades, diz o deputado. 

Aécio

Lula chega a Minas num momento em que o principal rival no estado, o senador Aécio Neves (PSDB), enfrenta denúncias que devem encurtar o seu horizonte político, em 2018. Correia diz que, “se ainda estiver em liberdade”, Aécio poderá almejar, “no máximo”, uma candidatura a deputado federal, e não mais ao Senado, descartando eventual reedição da disputa de 2014 com Dilma, bem cotada para disputar uma das duas vagas ao Senado por Minas. 

Já sobre as alianças do PT no estado, Correia diz que o partido tem boa relação com setores do PMDB que formaram a frente Minas Sem Censura, que combateu os desmandos do grupo de Aécio. Por outro lado, existem setores do PMDB mineiro sob influência de Temer. Segundo Correia, esse grupo, liderado pelo vice-governador Antônio Andrade, tentou, inclusive, um “golpe” contra o governador Fernando Pimentel. “Não nos interessa nos aliar com o PMDB golpista, que votou contra o direito dos trabalhadores”, afirmou.

A viagem de Lula por Minas prevê visita à região do Vale do Rio Doce, onde a questão ambiental ganha destaque, por conta da destruição causada pela mineradora Samarco (Vale/BHP). Ao sair de Ipatinga, Lula viajará de ônibus as regiões dos vales do Rio Doce, Mucuri, Jequitinhonha, Norte de Minas, região metropolitana de Belo Horizonte e encerra a caravana no dia 30 na capital.

 

Source

Related posts

Leave a Comment