You are here

Bndes libera financiamento para usina gacha

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (Bndes) aprovou a concessão de financiamento de R$ 35,3 milhões para implantação de uma usina termelétrica de biomassa (matéria orgânica) no Rio Grande do Sul, que utilizará casca de arroz como combustível para geração de energia elétrica. O apoio financeiro do Bndes para a usina São Sepé (localizada no município de mesmo nome) e sistema de transmissão associado será na modalidade indireta, por meio do Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE).

O empreendimento, orçado em R$ 48,6 milhões, tem potência instalada de 8 MW, suficiente para atender cerca de 30,7 mil domicílios. A energia da térmica São Sepé foi contratada no 22º leilão de energia nova, realizado em 21 de agosto de 2015. A operação de crédito foi contratada pela empresa Sepé Geração de Energia, controlada pela Creral Cooperativa de Geração de Energia e Desenvolvimento. As obras da usina foram iniciadas em julho de 2016 e, conforme o presidente da Creral, Alderi do Prado, devem ser concluídas no final deste ano. O dirigente detalha que as obras começaram com recursos próprios. “Mas, com o financiamento poderemos dar um impulso maior no empreendimento”, frisa o dirigente.

A usina São Sepé está localizada na área central do Estado, região agropecuária com grande concentração no plantio de arroz. A térmica vai usar aproximadamente 70 mil toneladas de casca de arroz ao ano para produzir energia renovável, auxiliando assim na destinação do resíduo da casca do arroz. Prado informa que o material será oriundo de 12 companhias beneficiadoras de arroz dos arredores. A maior fornecedora será a Cooperativa Tritícola Sepeense (Cotrisel – responsável por cerca de 40% do volume das cascas).

Durante sua implantação, o projeto gerará cerca de 200 empregos diretos e outros 21 na fase de operação. A Creral ainda está avaliando a possibilidade do complexo usufruir de créditos de carbono (que remuneram empreendimentos que contribuem com a ecologia). A cooperativa também analisa disputar novos leilões de energia com um projeto de Pequena Central Hidrelétrica (PCH) chamado de Forquilha IV. A usina terá 13 MW de capacidade instalada, absorverá em torno de R$ 80 milhões em investimentos e será construída entre os municípios de Maximiliano de Almeida e Machadinho, no rio Forquilha. Após concluir a térmica São Sepé, Prado diz que o foco será essa nova iniciativa e o planejamento de outras plantas abastecidas com biomassa.

 

Source

Related posts

Leave a Comment