You are here

Atlético-MG rescinde com o meia Carlos Eduardo, que jogou apenas 14 vezes | futebol / times / atlético-mg

Contrato do Galo com o jogador iria até o fim de 2017; segundo o empresário, a intenção de rescindir partiu do próprio atleta

Foram 14 jogos e nenhum gol marcado. A passagem do meia Carlos Eduardo pelo Atlético-MG foi muito apagada e chega ao fim nesta sexta-feira. O contrato, que iria até o fim de 2017, foi rescindido de forma amigável entre as duas partes. O Galo, portanto, não precisará pagar nenhum tipo de multa rescisória ao atleta, apenas o acordo trabalhista convencional, com fundo de garantia, férias proporcionais e o restante dos pagamentos de praxe após o fim de qualquer contrato de trabalho.

Carlos Eduardo rescinde amigavelmente com o Atlético-MG e não é mais jogador do clube (Foto: Bruno Cantini/Atlético-MG)Carlos Eduardo rescinde amigavelmente com o Atlético-MG e não é mais jogador do clube (Foto: Bruno Cantini/Atlético-MG)

Carlos Eduardo rescinde amigavelmente com o Atlético-MG e não é mais jogador do clube (Foto: Bruno Cantini/Atlético-MG)

Carlos Eduardo, que está com 29 anos, veio do Rubin Kazan, da Rússia, e chegou ao Atlético-MG em abril de 2016. Não conseguiu espaços com o treinador Marcelo Oliveira e muito menos com Roger Machado. Com o atual comandante, em 2017, jogou apenas três partidas.

Segundo o empresário do atleta, Jorge Machado, a decisão de rescindir partiu do próprio jogador, que não se sentia confortável com a situação de receber e praticamente não atuar.

– Partiu do Carlos (Eduardo) a rescisão. O presidente Daniel Nepomuceno sempre tratou muito bem o atleta. O Carlos não acha justo estar cobrando um salário do Atlético-MG sem poder produzir. Ele me ligou ontem (quinta) e achou por bem pedir a rescisão amigável, para continuar a carreira em outro clube.

Ainda segundo o empresário, o jogador tem proposta de outro clube brasileiro e deve continuar no país. Jorge Machado, porém, não revelou qual clube, nem se é da Série A, em respeito ao Atlético-MG, que ainda não resolveu todas as questões burocráticas da rescisão com o atleta.

Source

Related posts

Leave a Comment