You are here

Aqui Acontece – Farmácia Popular é fechada em Penedo por determinação do Governo Federal

05 Julho 2017 – 10:34

Após implantar em todo o país um limite de idade para aquisição de medicamentos, o governo do presidente Michel Temer decidiu fechar todas as unidades próprias do Programa Farmácia Popular, que distribui medicamentos gratuitos ou com até 90% de descontos.

Criado em 2004 pelo presidente Lula, a Farmácia Popular foi instalada logo depois em Penedo, na 1ª gestão do prefeito Március Beltrão. Agora, o programa deixará de funcionar no local, mas a população não ficará desassistida, segundo o secretário municipal de Saúde, Pedro Madeiro.

Em entrevista concedida à Rádio Penedo FM (97,3 Mhz e www.penedofm.com.br), Madeiro explicou que através de uma portaria baixada pelo Governo Federal, a Farmácia Popular de Penedo foi fechada, assim como a de outros municípios brasileiros, mas a prefeitura municipal já sabe o que fazer para que a população local não fique sem seus medicamentos.

“Os penedenses podem ficar tranquilos, pois não deixaremos que ninguém fique sem seus medicamentos. A partir desta quarta-feira, 05 de julho, a Farmácia Popular da rede pública foi definitivamente fechada, mas nesse local vai funcionar a Farmácia Central do Município, com uma diversidade imensa de medicamentos para que possa atender a todos, inclusive em um horário diferenciado, que será das 07 às 19 horas”, explicou o secretário.

O prefeito Március Beltrão (PDT) também participou da entrevista na emissora que é líder em audiência na região do Baixo São Francisco alagoano. O chefe do Executivo municipal lembrou da vinda do programa para Penedo e também tranquilizou a população ribeirinha quanto a distribuição dos medicamentos.

“Lamentamos o fim do programa, mas quero aqui tranquilizar nosso povo. No lugar da Farmácia Popular funcionará a Farmácia Central, e com algumas novidades. Na Popular, alguns remédios eram pagos, mas aqui será tudo gratuito. A população pode ter certeza que estará melhor assistida”, declarou Beltrão, enfatizando que a prefeitura, através da Secretaria Municipal de Saúde, vai controlar a distribuição de medicamentos para que mais pessoas possam ser assistidas mensalmente, ou seja, cada paciente receberá a quantidade exata de medicamentos para cada 30 dias, não mais que isso.

Além dessa medida adotada pela prefeitura de Penedo, as pessoas que necessitam do programa poderão se dirigir às farmácias privadas credenciadas ao Aqui tem Farmácia Popular. Nesses estabelecimentos comercias os medicamentos poderão ser recebidos sem custos ou com descontos de até 90%, assim como era no programa Farmácia Popular. No entanto, enquanto a Farmácia Popular abrangia 110 produtos, o Aqui Tem Farmácia Popular oferta apenas 42.

Para o Ministério da Saúde, com o fim do repasse para as unidades próprias, a verba do Farmácia Popular, equivalente a cerca de R$ 100 milhões, passará a ser destinada a Estados e municípios para a compra de medicamentos. Para o Conselho Nacional de Saúde, a desativação das unidades próprias da Farmácia Popular afetará duramente a população em situação de vulnerabilidade social, mas o Governo Federal nega que haja prejuízo. 

por Redação

Source

Related posts

Leave a Comment