You are here

Aps queda de rendimento e revs, Enderson cobra postura de jogo do Amrica na Srie B

Ramon Lisboa/EM/D. A Press

Enderson Moreira bem que tentou, mas no conseguiu fazer o Amrica ‘pegar no tranco’ como aconteceu em Santa Catarina, na ltima semana, quando virou o jogo contra o Cricima e conquistou a primeira vitria na Srie A do Campeonato Brasileiro. Do banco de reservas, vendo a queda de rendimento da equipe na segunda etapa, o tcnico americano colocou na partida as mesmas peas que utilizou contra o Tigre. Mas o time todo j no estava bem e, desesperado pelo gol, no conseguia mais criar e avanar por entre a compactada linha de defesa do Paysandu.

Na volta do intervalo, com o placar em desvantagem, o tcnico alviverde esperou a reao da equipe, mas logo precisou substituir peas para tentar criar mais oportunidades. Entraram Hugo Cabral no lugar de Felipe Amorim e Renan Oliveira na vaga de Luan. As alteraes no deram certo como na ltima rodada e o Coelho foi travado pela boa defesa do Papo. Bem marcados e pouco inspirados, Cabral e Renan no conseguiram repetir as atuaes da vitria em Cricima.

“No primeiro tempo, estivemos no nvel que vnhamos nos ltimos dois jogos. Criamos situaes, algumas muito claras, em que poderamos ter sado na frente. O Paysandu veio por uma bola, conseguiram no final do primeiro tempo e isso transformou o jogo. No segundo tivemos muita ansiedade. (…) Ficamos com a bola, mas com pouca objetividade. Fizemos modificaes, mas no conseguimos mudar o quadro desenhado. Tivemos pouca criatividade no segundo tempo, com alguns jogadores abaixo do que podem render. Acabamos sofrendo o segundo gol e no tivemos fora para reverter”, analisou.

Depois da derrota no Horto, Enderson pediu que a equipe mostre reao logo na prxima rodada. O Coelho tem outro difcil oponente. Mais uma vez em casa, o Amrica encara o Cear, em busca de reabilitao e para no deixar o grupo de lderes desgarrar e abrir muita vantagem na Srie B.

“A Srie B muito equilibrada. Isso que aconteceu com o Amrica vai acontecer com todas as equipes. difcil uma equipe no ter uma derrota dentro de casa. O mais importante como reagir a isso. Que a gente possa, j na tera-feira, contra um outro grande adversrio, em outro jogo muito difcil, que a gente possa ter tranquilidade para vencer esse obstculo”, disse Enderson, indicando que pretende manter o esquema de jogo alviverde, com muita aplicao em marcao alta, presso no adversrio e intensidade para o estilo de propor o jogo.

“Temos que dar a volta por cima. Pelo que tem sido feito, temos convico de que vamos criar situaes muito boas. O que tenho colocado para a equipe para buscar e merecer o resultado, dentro ou fora de casa, com uma postura de pegar o jogo e no deixar o adversrio ter a posse de bola. (…) O Amrica precisa continuar jogando, essa tem que ser a nossa ideia. No podemos ser um time que entra s para jogar no erro do adversrio. Sabemos que podemos perder um jogo agora, mas estaremos muito mais perto, se continuarmos com a postura do primeiro tempo, de buscar mais vitrias na sequncia”, finalizou.