You are here

Anvisa proíbe tintura de cabelo e óleo de argan

Unidades de quatro lotes do cosmético Color Premium Creme Colorante Smart Extreme serão apreendidos pela Vigilância Sanitária. A medida foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) desta segunda-feira (10/7) após a confirmação da fraude.

Segundo a empresa Coferly Cosmetica Ltda, detentora do registro da tintura de cabelo, quatro lotes do produto em questão foram identificados no mercado com características divergentes das que constam na embalagem original.

Assim, por se tratar de um caso de falsificação, a Anvisa determina a apreensão das unidades dos seguintes lotes:

  • M2909 – Validade: 03/19 – Tonalidade 5.0 Castanho claro
  • G2235 – Validade: 12/19 – Tonalidade CSV22 Corretor violeta
  • M1460 – Validade: 11/19 – Tonalidade S55.62 Castanho claro vermelho irisado smart especial
  • K1612 – Validade: 12/19 – Tonalidade CS.A11

Proibição óleo de Argan

A Anvisa determinou, nesta segunda-feira (10/7), a proibição do produto Argan Oil da marca Jhor’s. O cosmético para cabelo, fabricado pela empresa Antonia Lóide Palmiero Martins, era comercializado sem registro sanitário.

Ficam proibidos, portanto, a fabricação, distribuição, divulgação, comercialização e uso do produto ARGAN OIL, marca Jhor’s.

A resolução RE 1.845/17 que proíbe o óleo em questão determina, também, que a empresa promova o recolhimento do estoque existente no mercado.

Source

Related posts

Leave a Comment